Canva - Field of Dandelion Seeds.jpg

FAMILY CONNECTIONS™ (“CONEXÕES FAMILIARES™”) –

TREINO DE HABILIDADES PARA FAMILIARES E CUIDADORES DE PESSOAS DIAGNOSTICADAS COM TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE (TPB)

Cuidar de uma pessoa com Transtorno de Personalidade Borderline (TPB) pode levar ao declínio da própria saúde mental e trazer problemas nas relações pessoais. Isso porque tanto o ente diagnosticado quanto seus familiares e cuidadores estão expostos às experiências de desregulação emocional, o que torna o relacionamento entre todos desafiador. Familiares e cuidadores de pessoas diagnosticadas com TPB muitas vezes apresentam sintomas de depressão, ansiedade e estresse, além de elevados níveis de sobrecarga. Frequentemente sentem-se incapazes para ajudar e sofrem por observar a perda da vida potencial do parente com TPB, preocupando-se sobre quem irá cuidar dele no futuro.

Cuidar da qualidade de vida e do bem-estar de cuidadores e familiares do indivíduo diagnosticado com TPB torna-se, portanto, primordial tanto para a melhora da relação como para a melhora do próprio indivíduo. Considerando essas questões, os psicólogos Perry Hoffman e Alan Fruzzetti, juntamente com uma pessoa diagnosticada com TPB e familiares de pessoas com desregulação emocional desenvolveram o Programa Family Connections™ (FC™ ou Conexões Familiares™). 

O FC™ é direcionado para cuidadores e familiares de pessoas com dificuldade para regular suas emoções (muitas vezes diagnosticadas com TPB) que desejam melhorar sua qualidade de vida e os relacionamentos a partir da compreensão de como seus comportamentos podem impactar na relação, e da utilização de novas habilidades, mesmo que inicialmente elas possam parecer desconfortáveis. Até o momento, existem cinco estudos americanos publicados (um brasileiro deve sair em breve!) que avaliaram a efetividade do treinamento em questão. Eles mostraram de forma consistente que os participantes do Programa FC™ apresentam diminuição do sofrimento, da sobrecarga e da depressão, somado a um aumento da maestria/empoderamento.

O programa propicia a construção de uma rede de suporte e tem como ponto central um treino de habilidades em grupo com duração de 12 semanas dividido em encontros semanais de 2 horas. Em todos os encontros os familiares são incentivados a praticar exercícios e a realizar tarefas de casa. O treinamento é embasado na Terapia Comportamental Dialética (DBT) e está dividido em seis módulos nos quais são dadas informações científicas relevantes sobre o TPB e ensinadas habilidades de atenção plena (mindfulness) nos relacionamentos; comunicação efetiva; e de validação.

Após o treinamento, familiares e cuidadores podem se tornar líderes do curso. Entende-se que a experiência pessoal com a pessoa diagnosticada leva a uma maior expertise na aplicação das habilidades e compreensão das dificuldades de outros cuidadores. Somado a isso, nota-se que há um compromisso em disseminar e manter a integridade do programa. Para ser um líder do FC™ é necessário fazer um treinamento oferecido, até o momento, exclusivamente por profissionais da National Education Alliance for Boerdeline Personality Disorder (NEA-BPD, clique aqui para ler mais em português, ou veja o site oficial para maiores informações (https://www.borderlinepersonalitydisorder.org/family-connections/).




INDICAÇÃO DE LEITURA

Barban, M. (2020). Family Connections: Treino de habilidades embasado na DBT para familiares de indivíduos com transtorno de personalidade borderline. Dissertação de Mestrado. Paradigma – Centro de Ciência e Tecnologia do Comportamento, São Paulo, SP, Brasil.



Hoffman, P. D., Fruzzetti, A. E., Buteau, E., Neiditch, E. R., Penney, D., Bruce, M., . . .  Struening, E. (2005). Family Connections: A program for relatives of persons with borderline personality disorders. Family Process, 44, 217-225.


Hoffman, P. D., Fruzzetti, A. E., & Buteau, E. (2007). Understanding and engaging families: An education, skills and support program for relatives impacted by borderline personality disorder. Journal of Mental Health, 16, 69-82.

 

Seguir

  • Twitter
  • Facebook

©2019 DBT-Lab e Paradigma- Centro de Ciências e Tecnologia do Comportamento