NOSSA PESQUISA

AVALIAR A EFICÁCIA DE TRATAMENTOS PSICOTERAPÊUTICOS

PROPOR E ADAPTAR PROCESOS E METODOS COMPORTAMENTAIS PARA NOSSOS PACIENTES

TREINAR E PREPARAR NOVOS TERAPEUTAS PARA LIDERAR GRUPOS DE HABILIDADES E PESQUISA

Canva - Silhouette Of People By The Seas
 

PUBLICAÇÕES

Referências e links para artigos

EM ANDAMENTO

DIVULGAÇÃO DO DBT LAB

No proximo mês, lançaremos o nosso primeiro artigo divulgando o nosso laboratório, fique atento! 

"Laboratório de Terapia Comportamental Dialética (DBT-LAB): a implementação de um serviço de pesquisa e assistência gratuita à a portadores de TPB economicamente vulnerável"

Autores: Josy Muriyama, Liane Dahas, Jan Leonardi, Danielle Mayall, Dan Josua

Agosto 2017

TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA (DBT): UMA BREVE APRESENTAÇÃO

O nosso fundador, Jan Leonardi, apresenta e nos explica o que é a DBT!

Leia Aqui

 

PUBLICAÇÕES

Referências e links para artigos

DBT RO: TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA EM SUA MODALIDADE PARA HIPER CONTROLE

    Enquanto temos a busca por uma vida que valha a pena ser vivida na DBT padrão, a DBT radicalmente abertapostula uma vida que valha a pena ser compartilhada como objetivo final da terapia. Por que será tão central a convivência em um sofrimento localizado no indivíduo?

    Nesta vertente desenvolvida por Thomas Lynch o tratamento é focado em desenvolver habilidades para pessoas com questões relacionadas ao controle excessivo, possivelmente manifestadas em quadros como depressão crônica, anorexia nervosa e transtornos de personalidade do cluster C. Esta variedade de diagnósticos mantém alguns traços específicos em comum que dificultam uma vida compartilhada satisfatória. Apesar de claros benefícios à comunidade oriundos da capacidade de controlar nossos impulsos, o excesso de controle pode tornar-se mal adaptativo ao criar desequilíbrios no comportamento. Os déficits encontrados em hiper controladores são baixa receptividade e abertura a experiências, baixa flexibilidade, inibição da expressão emocional, além da percepção desta, e pouca conectividade e intimidade com outros. O enfoque do cuidado a este perfil então é na estimulação de habilidades saudáveis, não é efetivo suprimir o que há de complicado em nós se já temos um controle hipertrofiado.

    Durante as aulas, que compõem o tratamento junto com a terapia individual, são ensinados e praticados mecanismos de mudança por trinta semanas. Algumas das habilidades de DBT padrão são utilizadas, como regulação emocional e mindfulness, somadas ao desenvolvimento de outras específicas para uma maior flexibilidade. Ativação do sistema de segurança social, abertura a novos comportamentos e capacidade de agir sem planejamento são temas abordados logo nas primeiras semanas.  

    Uma leitura interessante sobre esta modalidade de terapia para quem tiver curiosidade é o artigo de 2020 sobre evidências de eficácia da DBT RO, que reúne os experimentos mais relevantes, incluindo recente estudo com controle randomizado de adultos com depressão refratária. O artigo é disponível na íntegra em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6955577/https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6955577/